A Arte do Contador

O velho sábio bate à porta e sussurra: Vim pra dizer que moro dentro de ti. Após a criação do mundo, os Deuses criaram a humanidade muito parecida com eles próprios. Porém um grande defeito dos homens e mulheres afligia aos Deuses: o esquecimento. Homens e mulheres esqueciam de onde vinham e para onde iriam. …

A Arte do Contador Leia mais »

O Contador

Adriane Zeni Contador é guardião de pedra joia lapidada pelo tempo        guardada na memória         que às vezes vira vento e foge             a libertar das entranhas da terra outros tesouros.             A atividade humana sem fins de subsistência ou produção material mais antiga do mundo ainda é causa de estranhamento quando assumida como profissão. Que …

O Contador Leia mais »

Todo primeiro domingo do mês tem roda de histórias!

Em 2019, todo primeiro domingo do mês tem roda de histórias com temas relacionados a datas comemorativas ou adventos. Acontecem sempre às 10h00, com duração de 1 hora. O evento é gratuito. Venha ouvir histórias e traga sua família e amigos nesse encontro apropriado para todas as idades. As histórias trazem em si a sabedoria …

Todo primeiro domingo do mês tem roda de histórias! Leia mais »

Baile Celta

Oficinas de 2015

A Casa do Contador de Histórias promove oficinas para formação de contadores de histórias ao longo do ano. O calendário de oficinas de 2015 já está confirmado. Serão quatro oportunidades: 11 e 12 de abril; 30 e 31 de maio; 25 e 26 de julho; 28 e 29 de novembro. Saiba mais clicando aqui e …

Oficinas de 2015 Leia mais »

Todo terceiro domingo do mês tem roda de histórias

A Casa do Contador de Histórias promove todo primeiro domingo do mês uma roda de histórias aberta ao público, gratuita. Ouvir histórias não é só prerrogativa de crianças. Adultos merecem e precisam ouvir histórias. Venha, participe, traga sua família e seus amigos. As histórias possuem roteiros que a alma humana reconhece e precisa seguir, ajudando …

Todo terceiro domingo do mês tem roda de histórias Leia mais »

Festa no céu

A Mãe dos Bichos, com surpresa geral da fauna apareceu enfim corporificada na floresta. Até então ninguém a vira. Ouviam-lhe apenas o canto e a fala. Mostrara-se linda e majestosa. Carregava o aspecto augusto de uma deusa e lembrava no feitio o ar soberano da ave do paraíso, se bem que as cores fossem outras. …

Festa no céu Leia mais »

Rolar para cima